Grupo Desportivo e Cultural de Castelo de Paiva

Paixão! Arrôjo! Dedicação! O prazer de ser diferente...

Vítor Barbosa o melhor entre os melhores

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Campeão de Portugal e vencedor do Circuito Nacional
Joaquim Barbosa medalha de bronze
Nicolau Santos campeão M55
Sérgio Azevedo triunfa no trail curto e Nuno Silva faz segundo lugar



O esquadrão amarelo partiu para este Campeonato de Portugal de montanha da FPME com algumas limitações, Vítor Barbosa e Joaquim Barbosa, os dois irmãos, grande referência da corrida em montanha, não estavam nas melhores condições ao ponto de só à última hora Vítor Barbosa, que viria a sagrar-se campeão, tenha decidido ir para os trilhos competitivos.

Os de Paiva, quiçã, os mais experientes corrredores de montanha de Portugal, tinham noção de que a Serra da Estrela, iria dificultar-lhes a tarefa, é o relevo, são as oscilações climatéricas, é um todo que associa estados de espírito díspares, havia que dosear ritmos, prever quebras, acalmar euforias, respeitar adversários, não temer. Com o Sameiro a ficar para trás, lá se vai serra acima por trilhos sinuosos, o nevoeiro obriga a atenção redobrada, não vá acontecer mudanças de rota. Decorridos escassos kms dos 21 kms a vencer na frente ficam três elementos, Vítor Barbosa, João Amorim e Luís Santos, Luís Santos abnegado, a funcionar, quase, como gregário de Vítor Barbosa, uma vez que João Amorim do FC Penafiel, conhecedor das dificuldades de Vítor Barbosa espreitava a possibilidade de conquistar um título, que, escreva-se, o atleta merece. Um pouco mais atrás o duelo esquadrão amarelo/FC Penafiel era nobre, os atletas, absorvem os geis, ainda antes do organismo os pedir, fazem-se contas.... o Luís sente o corpo arrefecer abruptamente, cede, o Joaquim Barbosa coloca o pé num obstáculo, faz uma entorse, na frente o mano-a-mano mantem-se, Amorim acredita, Vítor Barbosa dobra o tronco, as longas pernas alongam mais, mais e mais e levam-no no limite a uma vitória épica, aonde, para ter acontecido, misturou em doses altíssimas classe, capacidade de sofrimento, vontade de vencer.

Este fecho de corrida em montanha 2017, treze anos após nos termos iniciado nesta disciplina, mostrou o relevante desempenho dos oito bravos corredores de Paiva que enfrentaram a longa viagem e o colosso Serra da Estrela.

Com partida em simultâneo com o trail longo, disputou-se o trail mais curto com distância de 13 Kms. O esquadrão amarelo colocou nesta comptita Sérgio Azevedo e Nuno Silva e este duo destacou-se logo à partida, nunca sendo importunados até à meta com o relógio a acusar diferenças que tudo dizem em relação à diferença de capacidades.





Campeonato Portugal 1/2 Maratona Montanha - Sameiro (Manteigas) Resultados Completos
Geral Masculina
1º Vítor Barbosa - 1º Elite M 3º Joaquim Barbosa - 2º M40 6º Mário Pinto - 2º Elite M 7º Luís Santos - 3º Elite M
8º Nicolau Santos - 1º M55
Colectivo
2º GDCCP
2º Trail Zêzere e Mondego
Geral Masculina
1º Vítor Barbosa - 1º Elite M 3º Joaquim Barbosa - 2º M40 6º Mário Pinto - 2º Elite M 8º Luís Santos - 3º Elite M
13º Rui Rodrigues 14º Nicolau Santos - 1º M55
Colectivo
2º GDCCP
2º Mini - Trail Zêzere e Mondego
Geral Masculina
1º Sérgio Azevedo 2º Nuno Silva



Foto: GDCCP

Sem comentários: