Grupo Desportivo e Cultural de Castelo de Paiva

Paixão! Arrôjo! Dedicação! O prazer de ser diferente...

Notícias

Grupo Desportivo vence em Cinfães quinta jornada da Taça de Portugal

27 de junho de 2017

Artur Vieira o melhor junior
Joaquim Barbosa vence em veteranos
Amélia Vieira, Sara Cunha e Vítor Barbosa no pódio

Terras de Serpa Pinto, Cinfães, recebeu a quinta jornada da Taça de Portugal de corrida em montanha, e, inseriu no evento o terceiro grande prémio de Cinfães.

Este formato da taça, tem as suas virtudes, mas tem muitos defeitos e com o desnorte, a falta de conhecimento que os dirigentes federativos têm do enquadramento sócio desportivo, leva a que a nossa modalidade enferme de males que se não forem sujeitos a uma cirurgia que corrija, estirpe, varra, essa doença sistémica que atinge uma casta dirigente com ideias distorcidas que, vendo o rei nu insistem no elogio ao seu fato.

Para Cinfães, partiram um bom lote de corredores de montanha, os melhores que há em Portugal. Em Cinfães foi-lhes proporcionada uma recepção modelar. Pedro Semblano, vereador com o pelouro do desporto, afável, sorridente, marcava, vincada, presença decidindo o que lhe competia e evidenciando a virtude de não se imiscuir nas tarefas que não domina, fantástico este vereador, que aos poucos paulatinamente, equilibra a balança desportiva de Cinfães naquilo que concerne a apoios, sejam eles estruturais, financeiros e/ou psicológicos. 

Assim estiveram reunidas as condições ideais, às 17H30 deu-se a partida para o escalão júnior que viria a originar o primeiro contratempo da jornada e originando a desclassificação do primeiro atleta a cortar a meta. Às 18H deu-se a partida da caminhada. Às 18H30 partiram os seniores e veteranos dos dois géneros, a luta começou logo acesa com o amarelo dos de Mogadouro e de Castelo de Paiva, a chamar a si a despesa da corrida. E se no início se pensava que a discussão da taça estava decidida, tudo se alterou no desenho que se foi fazendo pelos trilhos e não fora a incompetência da Federação Portuguesa de Atletismo, através do seu director técnico que não desclassificou, como fez nos juniores, uma participante que em vez de partir às 18 horas, foi caminhar às 18H30 contribuindo com 4 pontos, com a complacência daquele que deveria interpretar o artigo 8º do regulamento, o que não o fez, e não considerar a entrada da passeante que demorou mais de duas horas para cumprir 10 quilómetros que se pretende de competição, teríamos assistido a uma das melhores edições da Taça de Portugal.

Final Taça Portugal Corrida Montanha - Cinfães Resultados Completos
Juniores Masculinos
3º Pedro Vieira
Seniores Femininas
2ª Amélia Vieira 3ª Sara Cunha 5ª Susana Oliveira
Seniores Masculinos
2º Vítor Barbosa 6º José Vieira 11º Bruno Vieira 12º Pedro Carvalho
13º Luís Santos 15º Rui Rodrigues 16º Nuno Silva 21º Carlos Oliveira
Veteranos Masculinos
1º Joaquim Barbosa 4º Sérgio Azevedo 5º Manuel Sousa 6º Carlos Silva
7º Nicolau Santos 12º Fernando Ramos 13º Rui Martins 14º Raul Moreira




Taça Portugal Corrida Montanha 2017 Resultados Completos
Seniores Femininas
2ª Amélia Vieira 3ª Sara Cunha
Seniores Masculinos
3º Vitor Barbosa
Veteranos Masculina
2º Joaquim Barbosa
Colectivo
2º GDCCP



Foto: Pedro Sá

Sem comentários:

Redes Sociais

Top